Seguro de vida – 4 Razões para você ter o seu

Seguro de vida – 4 Razões para você ter o seu

4 Razões para se ter seguro de vida

Pensar na fatalidade ou em acidentes é algo muito ruim, e o mais comum é que se evite esse tópico, mas constantemente vemos notícias de tragédias e acidentes.

Mas o que a vida mais nos ensina, é exatamente em estarmos preparados para o que está fora do nosso controle. Então veja algumas razões pelas quais se você ainda não tem um seguro de vida, deveria estar entrando em contato com uma seguradora para saber como funciona. Aqui no formulário ao lado você pode fazer contato com um dos nossos seguradores e negociar o seu seguro!

#1 – Seguro de vida e acidente

Apesar da função mais conhecida deste seguro ser o de fatalidade, existem outras questões que este seguro cobre, como: doenças graves, invalidez total (parcial ou permanente), descontos em medicamentos.

Você deve considerar cenários onde um acidente te deixará inválido para trabalhar, e este seguro se transformará no pote de ouro no fim do arco íris. Analise bem os riscos da sua rotina de trabalho, especialmente se você está constantemente viajando.

#2 – Pense na sua família

 

Se o que você ganha hoje faz diferença no dia a dia da sua família, você deve considerar ter um seguro de vida. Caso algo te aconteça, a sua família pode ficar sem esse pilar para sustentar a casa.

#3 – Seguro de vida não é caro

Pensando que a fatalidade é inevitável, considere o seguro de vida como um investimento para o futuro. Cedo ou tarde (espero que tarde), esse dinheiro do seguro irá cobrir os gastos funerários e deixar seus familiares com um dinheiro extra para segurança e bem estar.

Como os seguros não possuem valores fixos, recomendo que você entre em contato com um agente de seguros e negocie o seu dentro do que você acha justo.

#4 – Você não vai precisar para sempre

Lembre-se que o seguro de vida é um plano de segurança para caso de algum acidente. Não é algo que você irá pagar para o resto da sua vida.

Considerando um cenário onde você não precisará do seguro de vida, e durante os anos de trabalho você já reuniu um bom patrimônio para manter a segurança financeira da sua família, você pode abrir mão deste seguro. É claro que também pode mantê-lo, mas fica a seu critério.

Podemos ver, com as razões levantadas, que o seguro de vida não é algo que devemos deixar de lado, mas sim considerar.

Principalmente se você está iniciando a sua via em família, pense no futuro dos seus filhos e esposa ou marido.

0 Comments